Sete dias em Bonito – MS (Part. 1)

1º Dia – De Guarulhos a Campo Grande

DSC_3125Começo a trip saindo do AE. de Guarulhos às 8:00 da manhã, com destino a Campo Grande – MS, são cerca de 1hr e 40min de vôo. Chegando em Campo Grande sou recepcionado pelo Rafael da empresa Terra Transportes, a qual fez meu translado até bonito, o MS não tem horário de verão, então assim que cheguei tratei de atrasar 1 hora em meu relógio. Partimos para Bonito, que fica a uma distância de uns 300 km, são cerca de 4hr de van, que foram muito bem aproveitadas em meu caso com as paisagens. No caminho é possível ver alguns animais como: seriemas, tatu, tamanduá, emas e até veados (e muito gado). Fizemos uma parada para almoço, e logo voltamos para a estrada.

Chegando em Bonito, você já sente o clima de cidade de interior, a van vai deixando as pessoas nos hotéis e pousadas, e eu fui praticamente o último, pois o bonito_leandro_003hostel onde fiquei é mais afastado do centro. Já no hostel, me dirigi a recepção para fazer check—in, fui recepcionado pelo Tiê, um cara super gente boa, e que logo me levou para conhecer o ambiente. Fiquei em quarto compartilhado, são 3 beliches para 6 pessoas, o espaço interno é legal, tem banheiro com chuveiro, lockers, uma lâmpada e tomada na cabeceira de cada cama(cada hospede tem sua tomada, isso é ótimo), e ventilador de teto e ar condicionado, que com o calor que faz lá é indispensável.

Após conhecer meu dormitório, o Tiê foi me mostrar o restante dos ambientes do hostel, que possui uma área de Camping e motor home, bicicletário onde alugam por diária, lavanderia, cozinha compartilhada, redário, uma área social bacana com TV e mesa de sinuca, e uma piscina show de bola, que é um dos melhores lugares para conhecer a galera, fazer amizades e trocar ideia. O hostel possui uma agência interna, então lá mesmo você pode escolher e marcar seus passeios, e solicitar transporte compartilhado, foi o que eu fiz!

bonito_leandro_002Estava tão empolgado que nem descansei, apenas arrumei as coisas no quarto e sai para conhecer o centro da cidade, que fica a cerca de uns 800mt de distância, lá encontrará muitas lojinhas de artesanato, sorveterias com sabores típicos do cerrado, alguns barzinhos, e agências de turismo. Mais tarde no hostel resolvi dar um pulo na piscina, em pouco tempo estava conversando com um grupo, a maioria estava viajando sozinho, logo marcamos de fazer algo mais tarde.

Fomos para o Projeto Jiboia, funciona a partir das 19:00hr, o dono é o Henrique bonito_leandro_001que tem criação de algumas cobras e dá meio que uma palestra, falando sobre esses répteis que na maioria das vezes são vistos como animais ameaçadores, conta onde e como ele começou a ter interesse por esses animais, etc. E no final você tem a oportunidade de tirar uma foto com uma jiboia no pescoço (claro, se tiver coragem!). E pra fechar a noite resolvemos ir a uma pizzaria que fica a umas três quadras para baixo dali, onde tivemos a oportunidade além de comer e beber, conversar muito e conhecer direito a galera.

Informações e custos:

  • Hospedagem: Bonito Hi Hostel
  • Incluso: roupa de cama e café da manhã.
  • Diárias: R$ 38,00 c/ carteirinha da rede Hi Hostel, senão 46,00
  • Translado Campo Grande – Bonito: R$ 100,00
  • Projeto Jiboia: R$ 40,00

Mais dessa viagem num próximo Post! Até mais!

Comente com Facebook

Saiba mais sobre o autor: Leandro Tobias Miranda