Pico da Onça – São Francisco Xavier

O “Pico da Onça” ou também conhecido como “Pedra da Onça”, está localizado no distrito de São Francisco Xavier, um sub-distrito de São José dos Campos, no Vale do Paraíba – SP.

Já estivemos no local inúmeras mas finalmente resolvemos relatar esta nossa aventura de “bate-volta” a um dos pontos turísticos culminantes da região.

Como Chegar

O acesso à cidade de São Francisco Xavier, se dá pela estrada SP-50 que liga o subdistrito à São José dos Campos (aprox. 60km), tendo a cidade de Monteiro Lobato entre elas. A densa vegetação da estrada, proporciona um belo e refrescante passeio, mesmo nos dias mais quentes, entretanto é preciso atenção redobrada do motorista, já que a estrada é de mão dupla, e uma única faixa em cada sentido. Com a velocidade reduzida a 50km/h devido a graves acidentes causados em geral por motoristas apressados e negligências ao volante, a recomendação é: Calma! Chegue ao seu destino em segurança!

Ao chegar no pequeno distrito, atravesse a praça principal e peça informações. Se preferir, utilize nosso mapa abaixo… Você já está bem próximo do início da trilha.

É possível acesso ao início da trilha com carros de passeio (baixos) e tranquilamente veículos altos 4×2 ou 4×4.

Trilha do Jorge:

A trilha que leva ao Pico da Onça é regionalmente conhecida como “Trilha do Jorge”, pois seria o nome do proprietário das terras por onde a trilha percorre.

Chegando ao estacionamento (área plana e aberta à esquerda da estrada), é hora de colocar o pé na trilha. Suba o restante da estrada de terra, atravesse uma grande porteira pela lateral e siga o caminho, que está bem demarcado.

Durante a subida (o tempo pode variar de acordo com seu ritmo… num ritmo lento de 3 a 4 horas), existem vários pontos de água como riachos e pequenas cachoeiras, onde pode-se coletá-la, mas é sempre recomendável sua purificação com pastilhas de cloro ou outro tipo de processo de limpeza, já que fazendeiros de gado e cavalos utilizam a mesma trilha com seus animais.

O percurso não muito íngreme, mas constantemente em ascensão pode deixar o trilheiro de primeira viagem exausto, então vá com calma, curta o verde e as brechas na mata que permitem um visual muito bonito de São José dos Campos e as montanhas da região.

Após passar por várias bicas e fontes d’água às margens da trilha, chega-se a uma grande bifurcação, que também é uma ótima opção para descanso, hidratação e resgate do fôlego (há troncos de arvore para sentar), entretanto já não há mais fontes de água. Aqui o caminho divide-se para seguir para Monte Verde (à direita) e seguir rumo ao Pico da Onça (à esquerda).

Seguindo à esquerda, rumo ao Pico da Onça a subida apresenta-se um pouco mais íngreme até um pequeno trecho de caminhada plana e mais à frente uma ultima subida pelas belas árvores Araucárias que como um tapete vermelho, te entregam a chegada ao Pico da Onça.

Logo que a vista se abre, à sua esquerda há uma pequena trilha que leva ao livro de registros de visitas, muitas pessoas passam direto, sem perceber a discreta entrada. Se passar direto, estará na parte plana, no Pico da Onça onde é possível avistar São José dos Campos, São Francisco Xavier, o estacionamento onde deixou o carro e no lado oposto, Monte Verde.

Aprecie a vista, a paisagem é muito bonita, entretanto como em qualquer montanha névoas repentinas podem aparecer e ofuscar o visual.

É possível acampar lá em cima, inclusive dificilmente chegará lá e não verá sinais de campistas, entretanto durante o verão as chuvas constantes e tempestades com raios dificultam a estadia do campista, não sendo recomendado correr o risco nessa época.

Este é um passeio muito bom, ótimo para quem está iniciando ou gosta de trilhas com forte contato com a natureza (florestas e riachos). O percurso é bem demarcado e com pessoas constantemente transitando pelo caminho. No pico há sinal de celular e um belo visual!

Acompanhem o trajeto e os dados técnicos:

  • Distância: Aprox. 4,5km
  • Altitude Pico da Onça: 1.940 metros (Google Earth)
  • Altitude Estacionamento: 1.185 metros (Google Earth)
  • Tempo de percurso até o cume (nosso caso): 1h 50 min.
  • Dificuldade: Leve a Moderada
  • Custo: Não há custo para visitação ou camping.

Mapa de Acesso:

Fotos da trilha e do Pico da Onça, clique aqui!

T&T – Mais trilhas e montanhas pra você!

Comente com Facebook

Saiba mais sobre o autor: Andre Pires Moraes